DESTAQUE NA SEMANA

            Aqui alguns fatos e informações da semana que tem haver com a CULTURA RACIONAL.

 

 

1)    PELA BOCA

GANHOU O CORPO A DOENÇA

 EQUILIBRANDO A DIETA; O SEGREDO....

LÁ SE FOI A DOENÇA

 

           

               A diabetes, hoje, é considerada uma epidemia já que aumentou mais do que 300%  em pouco mais de 30 anos; quase meio bilhão de pessoas  sofrem com ela no mundo, segundo a OMS (Organização mundial de Saúde).

            China, Índia, EUA, Indonésia e Brasil respondem por mais da metade de pessoas com diabetes tipo 2.

            No Brasil essa doença crônica atinge 13 milhões de pessoas.

           O status da diabetes tipo 2 é de doença incurável e que piora com o tempo.

                Um interessante estudo, realizado na Inglaterra, mostrou que 50% pessoas que tinham a diabetes tipo 2, aquela adquirida na vida adulta), e que se submeteram a uma dieta intensa apresentaram remissão da doença por até 6 meses.

           A pesquisa foi publicada na revista médica Diabetes  Care e mostrou que mesmo a pessoa tendo a doença por anos, a reversão pode durar pelo menos 6 meses, após ter se submetida a dieta e a pessoa não volte a engordar.

 

 

Universidade de New Castle - Reino Unido.

 

                "Essa é uma mudança radical na nossa compreensão da diabetes tipo 2. Se pudermos divulgar a mensagem de que essa é uma doença reversível - que você não precisará mais tomar remédios,nem esperar em consultórios médicos, nem gastar muito com a saúde, trata-se de um grande fator motivador", declarou o dr Roy Taylor, professor da Universidade de Newcastle - Inglaterra e chefe do estudo.

 

Dr Roy Taylor

Pesquisador chefe que avaliou a remissão da diabetes tipo 2 com a dieta proposta.

 

 

            A reversão da diabetes tipo 2 após a perda de peso não é novidade, assim como pessoas muito obesas, que realizaram a cirurgia bariátrica, mesmo antes da perda de peso, costumam ver com freqüência  a redução da diabetes tipo 2, afirmaram os  pesquisadores ingleses.       

            A dieta  imposta as pessoas que participaram do estudo, que apresentavam sobrepeso ou eram extremamente obesas, foi pelo período de 8 semanas:   ingestão entre 600 à 700 calorias por dia, consistindo de 3 milk-shakes, nas horas das refeições, mais 250 gramas de legumes sem amido por dia. Os participantes do estudo foram orientados a parar de tomar os medicamentos para a diabetes tipo 2. Depois as pessoas passaram a se alimentar normalmente

            A média de peso perdida no estudo foi de 13kgs.

            Doentes com histórico de 4 à 8 anos da doença observaram remissão da doença por mais de 6 meses.

            Os pacientes que participaram da pesquisa e viram sua diabetes tipo 2 sumir, após a dieta, mostraram enorme alegria, já que só escutavam dos médicos que para essa doença não havia cura, só  uso de medicamentos.

            Allan Tutty, 57 anos, portador de diabetes tipo 2 e  que participou do estudo há 3 anos, continua até hoje apresentado níveis de glicose em jejum normais, segundo a reportagem do Estado de São Paulo.

       

             A diabetes tipo 2 aparece quando o corpo não usa  a insulina adequadamente ou a produz de forma insuficiente, levando o organismo a não utilizar ou estocara adequadamente a glicose sanguínea, elevando os valores da glicemia, produzindo seus efeitos nocivos no corpo.

       

Mundialmente reconhecidos como causa para a elevação dos casos de diabetes, os refris sobrevivem na selva moderna da alimentação artificial.

 

        Como a dieta faz a remissão da diabetes tipo 2 não está totalmente claro ainda, mas o dr Taylor aponta para o modo como o corpo acumula gordura. O excesso de gordura hepática (a famosa esteatose hepática visível ao ultra-som abdominal) acaba afetando o pâncreas, inibindo a secreção de insulina, e a resposta do fígado a ela, resultando na resistência à insulina e no aparecimento da diabetes tipo 2.

F é um fígado onde existe muita gordura acumulada.

N é um fígado normal.

O acumulo de gordura no fígado além de prejudicá-lo também acaba afetando o funcionamento do pâncreas, segundo a pesquisa inglesa.

 

A diferença no tamanho representada pelo acúmulo de gordura no interior do fígado com esteatose.

 

        Manter uma dieta muito baixa em calorias  permiti ao organismo consumir a gordura acumulada no fígado, com a queda do seu nível  também no pâncreas. Esse processo leva a "acordar" as células produtoras de insulina no órgão, normalizando os níveis de glicose no sangue.

        Para os endocrinologistas a queda da glicose sanguínea decorrente da perda de peso não é novidade, o que os impressionou foi a manutenção dos níveis normais de glicose, meses após o término da dieta.

        " Reduzir a ingestão calórica por qualquer motivo leva a uma melhora rápida no controle da glicose. O empolgante nesse caso é que essa melhora permaneceu quando os pacientes voltaram a uma dieta com número normal de calorias", declarou o dr Robert Lash , da Sociedade de Endocrinologia dos EUA e professor de Medicina na Universidade de Michigan.

 

Botar a culpa no pâncreas, encobre a responsabilidade da dieta artificial que campeia hoje em dia.

 

            "É certamente viável" disse o dr George King , diretor científico do Centro Joslin de Diabetes e professor de medicina na Universidade de Harvard - EUA.

            Para ele a questão é:  as pessoas conseguem manter a perda de peso  e continuar a ter essa reversão por muitos e muitos anos?             "Essa é a parte difícil" afirmou.     

            O     dr King declarou que até mesmo uma remissão  de curta duração reduziria ou protelaria algumas das complicações mais sérias ligadas a diabetes: lesões de nervos, insuficiência renal, perda da visão, acidente vascular cerebral e infarto agudo do coração. Entretanto programas direcionados para perda de peso são caros e raramente cobertos pelos planos de saúde. E OS MÉDICOS, NEM SEMPRE SÃO BEM VERSADOS EM NUTRIÇÃO , podendo não se dar ao trabalho de orientar os pacientes sobre dieta, alertou o dr King.

   

        O dr Taylor afirmou que  com os níveis de glicose alcançados nas pessoas pesquisadas, elas ficaram fora do risco de desenvolver seqüelas provenientes dos níveis de glicose alta típicas da diabetes tipo 2.

            "Por isso que essa é uma boa notícia."

            O acompanhamento clínico verificará a extensão da vantagem auferida com a dieta.

            "O grande desafio das pessoas que participaram da dieta foi o retorno a dieta 'normal', e os participantes receberam orientação intensiva de um pesquisador da equipe de como comer após o término da dieta liquida" , explicou o dr Taylor.

            "Eles contavam que entravam na cozinha e quase  tinham um ataque de pânico.  Aproveitamos esses momentos para introduzir hábitos novos ( leia-se hábitos saudáveis), com orientações muito objetivas sobre  quanto cozinhar e quanto comer."

 

Como bem ensinou o RACIONAL SUPERIOR sofrimento não faz graça para ninguém....

previnir danos é melhor do que conviver com os mesmos.

Um pé de uma pessoa que sofre com a diabetes.

 

 

O fundo de uma das inúmeras vítimas da diabetes: a retina do olho.

Uma 'ninja moderna' na luta contra a dieta artificial moderna.

 

Não é a Hillary, mas é candidata a diabetes tipo 2 na terra do Tio Sam,

40 milhões de pessoas sofrendo com a diabetes 2 por lá.

            Leia a reportagem em inglês no site da Universidade de Newcastle - Inglaterra:

 

        Veja um vídeo do autor da pesquisa ( em inglês):

 

        Leia reportagem da pesquisa no jornal britânico The Guardian:

 

            Leia a reportagem do jornal O Estado de São Paulo:

 

 

                O valor da pesquisa apresentada pela Universidade de Newcastle e traduzida pela reportagem do jornal O Estado de São Paulo é que cai por terra a figura da imobilidade de uma vez com diabetes tipo 2 não há o que ser feito de efetivo para devolver o organismo a um bom patamar de funcionamento recuperando os níveis seguros de glicose no sangue e evitando os nocivos efeitos degenerativos que a diabetes impõe à pessoa.

        É bem verdade que os pesquisadores impuseram uma dieta na base do tudo ou nada, para obter resultados em parcas 8 semanas: de um extremo para o outro. Valeu para mostrar como a gordura acumulada no fígado pode promover a resistência á insulina e desencadear a diabetes tipo 2.

        Sensato seria propor uma dieta mais dilatada e não menos impactante sobre o organismo visando a redução da gordura acumulada no fígado e a melhora funcional do pâncreas reduzindo as taxas de açúcar no sangue. De qualquer modo ganhou destaque que não se depende só de medicamentos químicos e que o controle da diabetes 2  valoriza  em 1º plano uma dieta saudável que  leve um corpo, mal tratado pela alimentação artificial moderna, a uma boa condição de funcionamento, empurrando para longe doenças degenerativas que abundam na modernidade como a diabetes tipo 2.

 

Uma refeição saudável representa um aliado indispensável  quando a estratégia é assegurar uma boa saúde e evitar as modernas doenças degenerativas.

Nada de novo em cima da mesa

Falta, sem fazer falta, aquelas embalagens cheias de belas fotos e de conteúdos suspeitos industrializados, que minam a saúde de crianças e adultos.

           

            Na CULTURA RACIONAL o RACIONAL SUPERIOR desde 1935 na Sua Obra: O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO alerta o homem para o canto da sereia do avanço do progresso do artifício e suas conseqüências danosas a saúde.

            O que é natural tem selo de qualidade da natureza sendo útil a sustentar e preservar a saúde desse corpo passageiro e provisório lhe conferindo vitalidade e vivacidade.

            Caindo no conto do vigário dos alimentos artificiais a pessoa experimenta na pele o declínio da inestimável saúde sofrendo de fadigas, falta de rendimento corporal e mental mais parecendo um peixe com olho morto.

            No CONHECIMENTO RACIONAL a pessoa  encontra um estilo de vida natural que se torna um aliado amigo nessa curta trajetória de vida nesse 2º mundo, onde imperam aparências e ilusões.

            Cuidar inteligentemente do corpo é emprestar capacidade a vida do dia a dia fazendo frente à sua agenda.  Deixar por conta do artifício a mesa  é condenar a vida à trajetória curta e atribulada.

       

         MAIS ARQUIVOS:

            semana: 14 - 20 março 2016:

            semana: 07 - 13 março 2016 (2):

            semana:  07 - 13 março 2016:

            semana: 29 fevereiro - 06 março 2016 (2):

            semana: 29 fevereiro - 06 março 2016:

            semana: 15 - 21 fevereiro 2016:

            semana: 01 - 07 fevereiro 2016:

            semana: 25 - 31 janeiro 2016:

            semana: 23 - 29 novembro 2015:

            semana: 16 - 22 novembro (3) 2015:

            semana: 16 - 22 novembro (2) 2015:

            semana: 16 - 22 novembro 2015:

            semana: 09 - 15 novembro (2) 2015:

            semana: 09 - 15 novembro 2015:

            semana: 28 setembro - 04 outubro 2015:

            semana: 21 - 27 setembro 2015 (3):

            semana: 21-27 setembro 2015 (2):

            semana: 21 - 27 setembro 2015:

            semana: 07 - 13 setembro 2015:

            semana: 24 - 30 agosto 2015:

            semana: 17 - 23 agosto 2015:

            semana: 10 - 16 agosto 2015:

            semana: 03 - 09 agosto 2015:

            semana: 27 julho - 02 agosto 2015:

            semana: 13 - 19 julho 2015:

            semana: 06 - 12 julho 2015:

            semana: 29 junho - 05 julho 2015:

            semana: 22 - 28 junho 2015:

            semana: 15 - 21 junho 2015:

            semana: 08 - 14 junho de 2015 (2):

            semana: 08 - 14 junho de 2015:

            semana:  01 - 07 junho de 2015:

            semana: 25 - 31 maio 2015:

            semana: 18 - 24 maio 2015:

            semana: 11 - 17 maio 2015:

            semana:  06 - 12 abril 2015:

            semana: 30 março - 05 abril 2015:           

            semana: 16 - 22 março 2015:

            semana: 09 - 15 março 2015:

            semana: 26 janeiro - 01 fevereiro 2015:           

            semana: 19-25.. janeiro 2015:

            semana: 19-25. janeiro 2015:

            semana: 19-25 janeiro 2015:

            semana: 12 - 18 janeiro 2015:

            semana: 05 - 11 janeiro 2015:

            semana: 10 - 16 novembro 2014:

            semana:  03 - 09 novembro 2014:

            semana: 27 outubro - 02 novembro 2014:

            semana: 20 - 26 outubro 2014:

            semana: 13 - 19 . outubro 2014:

            semana: 13 - 19 outubro 2014:

            semana: 06 - 12 outubro 2014:

            semana: 29 setembro - 05 outubro 2014:

            semana: 09 - 15 junho 2014:

            semana: 26 maio - 01 junho 2014:

            semana: 19 - 25 maio 2014:

            semana: 12 - 18 maio 2014:

            semana:   05 - 11 maio 2014:

            semana: 21 - 27 abril 2014:

            semana: 14 - 20 abril 2014:

            semana: 07 - 13 abril 2014:

            semana: 24 - 30 março 2014:

            semana: 03 - 09 fevereiro 2014:

            semana: 27 janeiro - 02 fevereiro 2014:

            semana: 20 - 26 janeiro 2014:

            semana: 13 - 19 janeiro 2014:

            semana: 06 - 12 janeiro 2014:

            semana:  02 - 08 dezembro 2013:

            semana : 04 - 10 novembro 2013:

            semana:  21 - 27 outubro 2013:

            semana: 14 - 20 outubro 2013:

            semana:  30 setembro - 06 outubro 2013:

            semana: 23 - 29 setembro 2013:

            semana:  02 - 08 setembro 2013:

            semana: 26  agosto - 01 setembro:

            semana: 19 - 25 agosto 2013:

            semana:  29 julho - 04 agosto 2013:

            semana:  08 - 14 julho 2013:

            semana: 17 - 23 junho 2013:

            semana: 20 - 26 maio 2013:

            semana: 04 - 14 abril 2013:

            semana: 25 - 31 março 2013:

            semana: 04 - 10 março 2013:

            semana: 21 - 27 janeiro 2013:

            semana:  06-12 dezembro 2012:

            semana :  05 - 11 novembro 2012:

            semana:  22 - 28 outubro 2012:

            semana: 08 - 14 outubro 2012:

            semana: 10 - 16 setembro 2012:

            semana:  03 - 09 setembro 2012:

            semana: 27 agosto - 02 setembro 2012:

            semana: 01-05 agosto 2012: