DESTAQUE NA SEMANA

            Aqui alguns fatos e informações da semana que tem haver com a CULTURA RACIONAL.

 

 

1) O PENSAMENTO SECOU

O SENTIMENTO SUMIU

A BARBÁRIE ASSUMIU

EM ÉPOCA DE TERRORISMO, DOMÉSTICO OU INTERNACIONAL.

 

 

             Violência faz parte do cotidiano nacional, infelizmente. Vítimas sem fim,  famílias sem apoio e autoridades sem autoridade. A lei da selva humana (bem pior do que a animal, que só mata para se alimentar) vem ganhando o terreno de forma apavorante: é o salve-se quem puder e se puder.

            Ah! E agora o escrutínio mental busca, não no Google, que lugar é esse  a mais onde o valor vida vai ladeira abaixo. Longe  de todos os estereótipos, lá se vê, de forma surpreendente, a capital gaúcha! O estado um dos líderes de empreendedorismo, educação, força social, etc,etc. Da Revolução da Faroupilha, frente ao governo imperial brasileiro, já em busca dos ideais republicanos,  propagados pela Revolução Francesa;  igualdade, liberdade e fraternidade. O sentimento de ambiente estimado sempre teve no RS um estandarte, com seus valores e tradições fazendo-se valer contra as diversas investidas alienígenas, a cuia que o diga.

 

 

A bela e tradicional capital gaúcha que, infelizmente, também não está imune à investida da violência.

 

            Só que de ciclos vive-se nesse 2º mundo, de evolução em evolução muitas vezes aos trancos e barrancos.

            Reportagem do jornal gaúcho ZeroHora mostra o terror que  se tem disseminando na grande Porto Alegre:

           

 

O saco é visível, seu conteúdo, o que de pior a condição humana pode supor.

Pedaços de corpo de jovem esquartejado foram achados em sacos junto a documentos dele na quinta-feira, na Capital Foto: Divulgação / Polícia Civil

 

            Uma temível comparação a barbárie à la "Estado Islâmico" por experiente delegado gaúcho. Paulo Rogério Grillo, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil-RS  tem se deparado com crimes na grande Porto Alegre que vão da decapitação, torturas e várias mutilações.

        Barbarismos registrados cada vez mais na guerra urbana entre agentes criminosos, atormentando a maior concentração urbana do estado do Rio Grande do Sul. Só no 1º semestre de 2016 foram 407 homicídios frente aos 303 ocorridos no mesmo período de 2015, segundo a reportagem do ZeroHora.

            A última ocorrência foi na 5ªfeira passada quando o corpo de um homem  surgiu cortado aos pedaços e decapitado num bairro de Porto Alegre. Segundo caso em menos de uma semana na capital.      

 

            "Nesse avanço desenfreado da violência, não basta aos criminosos matar. Eles desejam trucidar, torturar, para dar recado: não se meta comigo. E muitas vezes não é por motivações econômicas. Basta alguém morar na vila rival que pode sofrer represálias, às vezes, apenas por disputa territorial, sem tráfico envolvido"   declarou o delegado Paulo Grillo.

        Agressões e enforcamento, em vias públicas, também foram registrados.  Olhos e orelhas arrancados antes da morte em sessões de tortura subumanas. Nenhum gênero escapa, mesmos as mulheres são passíveis de atos brutais; com declara o delegado Paulo Grillo:

            "Uma bestialidade que vitima mulheres ou crianças, algo que tempos atrás seria vetado até no submundo".

            Os homicídios cruéis são de leste a oeste, de norte a sul seguindo a reportagem do ZeroHora.

 

 

Delegado Paulo Rogéro Grillo, que segundo a reportagem do ZeroHora tem se defrontado com a escalada da barbárie na região metropolitana de Porto Alegre.

 

 

            A reportagem do jornal ZeroHora entrevistou também Michel Misse, professor e sociólogo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especialista na cena criminal brasileira.

        O dr Michel Misse afirmou que tamanha barbárie tem por objetivo espalhar o terror no ambiente urbano, mostrando a disposição para matar:

            "Olha, é isso que vou fazer com você", é um recado, mostra a disposição de levar as coisas ao extremo limite da crueldade.

            A reportagem do ZeroHora. também assustada com o novo ambiente de terror questiona o especialista:

            "Essas situações não ocorriam em Porto Alegre. O que pode estar mudando?".

            "O recado da morte patrocinada é para incutir o terror   frente à força e o poder dessas organizações criminosas." colocou o especialista carioca.

O especialista em violência no Brasil Michel Misse.   

 

            Leia a reportagem do jornal ZeroHora:

 

 

            A região sul do Brasil já foi vista como a mais segura e distante da banalização da violência na terra brasilis, não mais.....

            Um advogado criminalista de Curitiba já ponderou que corrigindo a população, a cidade apresentava um índice de violência (muitas vezes não presente nas estatísticas oficiais) maior do que o Rio de Janeiro, paradigma da violência nacional.

 

            Na CULTURA RACIONAL o homem é visto como uma manifestação que como qualquer outra necessita de apoio energético para subsistir.

            O cacife existencial tem uma base energética de suporte, por trás da cortina evolucionista. Sem sustentação ninguém ou nada fica de pé.

            Lendo O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO a pessoa fica sabendo que essa brutal exposição que esse 2º mundo deformado impõe aos viventes é por estarem fora do seu Verdadeiro natural de RACIONAIS.

            Fora do seu verdadeiro natural RACIONAL  manda essa natureza deformada que dá e tira a vida, uma questão de tempo, com resultado certeiro.

            Nesse mundo deformado são as energias elétrica e magnética que dão suporte ao pensamento e imaginação humanas.

            Com o término da fase de animal Racional em 1935, como bem ensinado pelo RACIONAL SUPERIOR   na Sua Obra de CULTURA RACIONAL,  a sustentação energética do animal Racional ruiu e mais um ciclo de transformação assola a vida diária do homem.

            Pensamento "seco", sentimento ausente, barbárie a solta: é o salve-se quem puder.

            Se religando a Nossa Verdadeira Energia de Origem RACIONAL reencontra a pessoa, no 1º Mundo RACIONAL, a necessária proteção para suplantar os tempos nada palatáveis do terror atual.

 

         MAIS ARQUIVOS:

            semana:  01 - 07 agosto 2016:

            semana: 11 - 17 julho 2016:

            semana: 13 - 19 junho 2016:

            semana: 06 -12 junho 2016 (2):

             semana: 06 - 12 junho 2016:

            semana: 30 maio - 05 junho 2016:

            semana: 23 - 29 maio 2016:

            semana: 16 - 22 maio 2016 (2):

            semana: 16 - 22 maio 2016:

            semana: 09 - 15 maio 2016(2):

            semana: 09 - 15 maio 2016:

            semana:  02 - 08 maio 2016:

            semana: 14 - 20 março 2016:

            semana: 07 - 13 março 2016 (2):

            semana:  07 - 13 março 2016:

            semana: 29 fevereiro - 06 março 2016 (2):

            semana: 29 fevereiro - 06 março 2016:

            semana: 15 - 21 fevereiro 2016:

            semana: 01 - 07 fevereiro 2016:

            semana: 25 - 31 janeiro 2016:

            semana: 23 - 29 novembro 2015:

            semana: 16 - 22 novembro (3) 2015:

            semana: 16 - 22 novembro (2) 2015:

            semana: 16 - 22 novembro 2015:

            semana: 09 - 15 novembro (2) 2015:

            semana: 09 - 15 novembro 2015:

            semana: 28 setembro - 04 outubro 2015:

            semana: 21 - 27 setembro 2015 (3):

            semana: 21-27 setembro 2015 (2):

            semana: 21 - 27 setembro 2015:

            semana: 07 - 13 setembro 2015:

            semana: 24 - 30 agosto 2015:

            semana: 17 - 23 agosto 2015:

            semana: 10 - 16 agosto 2015:

            semana: 03 - 09 agosto 2015:

            semana: 27 julho - 02 agosto 2015:

            semana: 13 - 19 julho 2015:

            semana: 06 - 12 julho 2015:

            semana: 29 junho - 05 julho 2015:

            semana: 22 - 28 junho 2015:

            semana: 15 - 21 junho 2015:

            semana: 08 - 14 junho de 2015 (2):

            semana: 08 - 14 junho de 2015:

            semana:  01 - 07 junho de 2015:

            semana: 25 - 31 maio 2015:

            semana: 18 - 24 maio 2015:

            semana: 11 - 17 maio 2015:

            semana:  06 - 12 abril 2015:

            semana: 30 março - 05 abril 2015:           

            semana: 16 - 22 março 2015:

            semana: 09 - 15 março 2015:

            semana: 26 janeiro - 01 fevereiro 2015:           

            semana: 19-25.. janeiro 2015:

            semana: 19-25. janeiro 2015:

            semana: 19-25 janeiro 2015:

            semana: 12 - 18 janeiro 2015:

            semana: 05 - 11 janeiro 2015:

            semana: 10 - 16 novembro 2014:

            semana:  03 - 09 novembro 2014:

            semana: 27 outubro - 02 novembro 2014:

            semana: 20 - 26 outubro 2014:

            semana: 13 - 19 . outubro 2014:

            semana: 13 - 19 outubro 2014:

            semana: 06 - 12 outubro 2014:

            semana: 29 setembro - 05 outubro 2014:

            semana: 09 - 15 junho 2014:

            semana: 26 maio - 01 junho 2014:

            semana: 19 - 25 maio 2014:

            semana: 12 - 18 maio 2014:

            semana:   05 - 11 maio 2014:

            semana: 21 - 27 abril 2014:

            semana: 14 - 20 abril 2014:

            semana: 07 - 13 abril 2014:

            semana: 24 - 30 março 2014:

            semana: 03 - 09 fevereiro 2014:

            semana: 27 janeiro - 02 fevereiro 2014:

            semana: 20 - 26 janeiro 2014:

            semana: 13 - 19 janeiro 2014:

            semana: 06 - 12 janeiro 2014:

            semana:  02 - 08 dezembro 2013:

            semana : 04 - 10 novembro 2013:

            semana:  21 - 27 outubro 2013:

            semana: 14 - 20 outubro 2013:

            semana:  30 setembro - 06 outubro 2013:

            semana: 23 - 29 setembro 2013:

            semana:  02 - 08 setembro 2013:

            semana: 26  agosto - 01 setembro:

            semana: 19 - 25 agosto 2013:

            semana:  29 julho - 04 agosto 2013:

            semana:  08 - 14 julho 2013:

            semana: 17 - 23 junho 2013:

            semana: 20 - 26 maio 2013:

            semana: 04 - 14 abril 2013:

            semana: 25 - 31 março 2013:

            semana: 04 - 10 março 2013:

            semana: 21 - 27 janeiro 2013:

            semana:  06-12 dezembro 2012:

            semana :  05 - 11 novembro 2012:

            semana:  22 - 28 outubro 2012:

            semana: 08 - 14 outubro 2012:

            semana: 10 - 16 setembro 2012:

            semana:  03 - 09 setembro 2012:

            semana: 27 agosto - 02 setembro 2012:

            semana: 01-05 agosto 2012: