DESTAQUE NA SEMANA

            Aqui alguns fatos e informações da semana que tem haver com a CULTURA RACIONAL.

 

 

1)    NÃO NASÇA!

A BARRA AQUI EMBAIXO TÁ RUSSA

RECADO DO PROFESSOR LIVRE-DOCENTE EM GENÉTICA E

 ESPECIALISTA EM MEDICINA FETAL DA USP.

 

            Guerra no Oriente Médio, atentados do Estado Islâmico, tiroteios domésticos nos States, clima de cabeça pra baixo, a barra não anda nada suave. Quem sabe nas terras de Pindorama as coisas vão mais suaves?

            Nem pensar, do mar de lama na natureza agredida pelo vil lucro às tramóias cada vez mais lodaçais da política tupiniquim o ânimo dos viventes na terra brasilis anda cada vez mais baixo. E como reza o ditado popular; 'desgraça pouca é bobagem' agora o território foi invadido de vez pelo Zica vírus.

            Pegando carona no mesmo alado inseto, começou a temporada como se estivesse no final da fila atrás da dengue e do chikungunya, poucos lhe deram importância.

 

A picada é quase nada..... seus efeitos podem ser uma tragédia.

 

            Em pouco tempo o novo vírus virou as coisas de perna pro ar, como se tudo já não tivesse do jeito!

            Mais de mil casos de bebes com desenvolvimento cerebral aquém do normal (microcefalia), sem oportunidade de tratamento efetivo. Não fica por ai, já que vários adultos vem apresentando a síndrome de  Guillain-Barré; uma paralisia progressiva que pode levar a pessoa à cadeira de rodas e pior.

            O primeiro fronte está nos estados do Nordeste brasileiro, porém o novo vírus já se apossou de 18 estados, sudeste e sul na contabilidade.

           E o Ministério da Saúde diz que vai resolver a parada, eh??? Quando só em 2014 foram mais de 1 milhão e meio de casos de dengue no Brasil: lógica cruel; quem pega dengue pode se preparar para o Zica vírus.

            A coisa tá tão feia que a OMS entrou na briga  emitindo alerta mundial frente a epidemia que se alastra no Brasil e etc.

            E agora um alerta sinistro (não pelo alerta e sim pelas implicações correntes) do professor obstetra da USP dr Thomas Gollop que é taxativo:

            "A melhor forma de prevenir a microcefalia é não ter feto na barriga", declarou. "É radical? Pode ser. Mas pode evitar um desastre maior."

Dr Thomas Gollop, professor da USP e especialista em medicina fetal.

 

            Como alerta o especialista à reportagem do UOL a melhor forma de prevenir os casos de microcefalia associados ao vírus zika é evitar que as mulheres engravidem neste momento.

            A reportagem foi logo apontando para o pânico populacional; "Pânico é dizer que tem alguém do Estado Islâmico na portaria do seu prédio", diz o médico especialista.

            " Se eu tivesse uma filha seria o conselho que daria a ela" declarou o especialista, "Não é o momento para engravidar, independentemente do lugar onde mora no país. Há risco em potencial em toda a gravidez".

            "Não temos vacina para prevenir, não existe tratamento para essas crianças, só terapias de suporte. Depois, não adianta ficar fazendo um monte de ultrassom. Isso não muda nada. As seqüelas nas crianças são para a vida toda" declarou o professor da USP a reportagem do UOL.

            A reportagem do UOL levou a questão dos repelentes ao especialista:

             "É muito difícil. Repelente, para ser eficaz, precisa ser passado a cada quatro horas. Quem faz isso todos os dias? Estamos entrando no verão. Como dizer para as pessoas do Norte, do Nordeste e até aqui do Sudeste para usarem roupas com mangas compridas? Acreditar na eficácia dessas medidas é o mesmo que acreditar em Papai Noel" afirmou o dr Thomas.

            E a reportagem do UOL levantou a delicada questão do que fazer, para quem já está grávida ao obstetra:          

           
            "Eliminar todos os criadouros do mosquito, e, sim, usar repelente e cobrir todo o corpo. E, principalmente, evitar viajar para as zonas de maior risco. É o que dá para fazer".    

 

            A reportagem do UOL suscitou  desconfortável questão ao especialista:    

            "Teremos uma geração de crianças com microcefalia?"

           
            "É o que tudo indica, infelizmente. E não é só o tamanho do crânio que importa nesses casos. O vírus zika provoca um processo inflamatório que leva a calcificações no sistema nervoso da criança, causando danos como retardo neuropsicomotor. Não sabemos ainda a real extensão dessas anomalias, isso precisa ser estudado" declarou o especialista.      

            Mais de 80% dos casos de infecção pelo vírus zica são assintomáticos (não 'tem nada' e está lá). Porém, o vírus pode causar febre, manchas avermelhadas no corpo, irritação nos olhos, dores nas articulações, musculares e de cabeça.

Manchas na pele em decorrência da infecção do zica vírus.


Conjuntivite provocada pelo vírus zica.

 

            Só em 2014 foram quase 3 milhões de crianças nascidas em solo pátrio. E agora a situação se configura assim pior que ataque pontual terrorista, pois o 'bichinho' é microscópico e seu portador alado já ganhou o Brasil há tempos.

            Na fria Curitiba - PR, no ano  de 2015, foram detectados  535 focos do mosquito Aedes aegypti;  um aumento de 60% em comparação com 2014.

            Até 28 de novembro 2015, foram notificados 1.248 casos suspeitos de microcefalia, identificados em  14 Estados. Pernambuco tem o maior número de notificações, 646. Em todo o NE, os números estão acima do esperado. Em 2014, foram 147 casos no país.

            O vírus zica afeta o cérebro do feto causando  inflamação nos vasos sanguíneos e no tecido cerebral (principal hipótese), o que leva à atrofia do cérebro. Os exames mostram que há uma redução dos gomos cerebrais, ficando com um cérebro de aspecto liso. Depois aparecem calcificações e dilatações dos ventrículos laterais e, por fim, a microcefalia.

            Até o momento há registro de três mortes por zika (duas de adultos e uma de recém-nascido).

            Bebês com microcefalia nascem com perímetro cefálico menor do que a média. O problema pode ser provocado por uma série de fatores, desde desnutrição da mãe, abuso de drogas até infecções durante a gestação, como rubéola, toxoplasmose, citomegalovírus.      

 

           

Leia a reportagem do UOL com o especialista:

       

            Caso de microcefalia suspeito de infecção do zica vírus em Campinas - SP segundo G1: que mostra o despreparo médico em lidar com  suspeitas da nova situação infecciosa.

   

 

              Essa é a sina que ronda a vida do homem como animal Racional.

            Da esfera política o ordinário vivente já não espera nada, desde a descoberta da bela terra.

             Agora da natureza aparecem assaltos que colocam o maior bem; a vida em xeque-mate.

            Por que a natureza que nos cria, aquela que deu e dá condições para a existência,  liquida a vida sem dó nem piedade. Culpa do Criador????

            Na CULTURA RACIONAL a pessoa vai saber que tamanha desolação é por estarmos vivendo fora do nosso verdadeiro natural de RACIONAIS puros, limpos e perfeitos.

            Os seres RACIONAIS, na expansão e abuso do livre-arbítrio deram causa a uma transformação e deformação de conseqüências dantescas, agora revelada à humanidade pelo RACIONAL SUPERIOR na Sua Obra: O LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO.

            O Criador não tem culpa no cartório!

            Essa natureza, que mostra o seu lado selvagem e fatal, pior  que ataque terrorista, é por estar deformada do seu estado natural de RACIONAL.

                Aqui no 2º mundo prevalecem as energias deformadas e inconscientes; elétrica e magnética que sustentam essa selva onde o sofrimento brilha; o pesadelo em vida do animal Racional.

            Desenvolvendo o RACIOCÍNIO (não é pensamento) a pessoa passa a se imunizar do assalto dessas energias deformadas da selva da bicharada visível e invisível.

            Por conta da Nossa Verdadeira Energia de Origem: a ENERGIA RACIONAL  passa a pessoa a ter com QUEM contar e onde se agarrar, pois ao término da fase de animal Racional o desequilíbrio humano e na própria natureza são um susto atrás do outro.

            O sr MJC, no Retiro Racional,  afirmava que com o término da fase de animal Racional, não era uma boa fase para se ter filhos. A época, 1977 ..... o mundo até parecia do mesmo jeito. Só que a trilha artificial, escolhida pelo homem e agora os ataques virais dão A CLAREZA do alerta.

 

  

         MAIS ARQUIVOS:

            semana: 16 - 22 novembro 2015:

            semana: 09 - 15 novembro (2) 2015:

            semana: 09 - 15 novembro 2015:

            semana: 28 setembro - 04 outubro 2015:

            semana: 21 - 27 setembro 2015 (3):

            semana: 21-27 setembro 2015 (2):

            semana: 21 - 27 setembro 2015:

            semana: 07 - 13 setembro 2015:

            semana: 24 - 30 agosto 2015:

            semana: 17 - 23 agosto 2015:

            semana: 10 - 16 agosto 2015:

            semana: 03 - 09 agosto 2015:

            semana: 27 julho - 02 agosto 2015:

            semana: 13 - 19 julho 2015:

            semana: 06 - 12 julho 2015:

            semana: 29 junho - 05 julho 2015:

            semana: 22 - 28 junho 2015:

            semana: 15 - 21 junho 2015:

            semana: 08 - 14 junho de 2015 (2):

            semana: 08 - 14 junho de 2015:

            semana:  01 - 07 junho de 2015:

            semana: 25 - 31 maio 2015:

            semana: 18 - 24 maio 2015:

            semana: 11 - 17 maio 2015:

            semana:  06 - 12 abril 2015:

            semana: 30 março - 05 abril 2015:           

            semana: 16 - 22 março 2015:

            semana: 09 - 15 março 2015:

            semana: 26 janeiro - 01 fevereiro 2015:           

            semana: 19-25.. janeiro 2015:

            semana: 19-25. janeiro 2015:

            semana: 19-25 janeiro 2015:

            semana: 12 - 18 janeiro 2015:

            semana: 05 - 11 janeiro 2015:

            semana: 10 - 16 novembro 2014:

            semana:  03 - 09 novembro 2014:

            semana: 27 outubro - 02 novembro 2014:

            semana: 20 - 26 outubro 2014:

            semana: 13 - 19 . outubro 2014:

            semana: 13 - 19 outubro 2014:

            semana: 06 - 12 outubro 2014:

            semana: 29 setembro - 05 outubro 2014:

            semana: 09 - 15 junho 2014:

            semana: 26 maio - 01 junho 2014:

            semana: 19 - 25 maio 2014:

            semana: 12 - 18 maio 2014:

            semana:   05 - 11 maio 2014:

            semana: 21 - 27 abril 2014:

            semana: 14 - 20 abril 2014:

            semana: 07 - 13 abril 2014:

            semana: 24 - 30 março 2014:

            semana: 03 - 09 fevereiro 2014:

            semana: 27 janeiro - 02 fevereiro 2014:

            semana: 20 - 26 janeiro 2014:

            semana: 13 - 19 janeiro 2014:

            semana: 06 - 12 janeiro 2014:

            semana:  02 - 08 dezembro 2013:

            semana : 04 - 10 novembro 2013:

            semana:  21 - 27 outubro 2013:

            semana: 14 - 20 outubro 2013:

            semana:  30 setembro - 06 outubro 2013:

            semana: 23 - 29 setembro 2013:

            semana:  02 - 08 setembro 2013:

            semana: 26  agosto - 01 setembro:

            semana: 19 - 25 agosto 2013:

            semana:  29 julho - 04 agosto 2013:

            semana:  08 - 14 julho 2013:

            semana: 17 - 23 junho 2013:

            semana: 20 - 26 maio 2013:

            semana: 04 - 14 abril 2013:

            semana: 25 - 31 março 2013:

            semana: 04 - 10 março 2013:

            semana: 21 - 27 janeiro 2013:

            semana:  06-12 dezembro 2012:

            semana :  05 - 11 novembro 2012:

            semana:  22 - 28 outubro 2012:

            semana: 08 - 14 outubro 2012:

            semana: 10 - 16 setembro 2012:

            semana:  03 - 09 setembro 2012:

            semana: 27 agosto - 02 setembro 2012:

            semana: 01-05 agosto 2012: