MEMÓRIAS RACIONAIS

 

A CULTURA RACIONAL NASCEU EM 1903.

            TEM PORTANTO UMA LONGA HISTÓRIA DA QUAL MUITOS DÃO O SEU DEPOIMENTO COMO TESTEMUNHAS DA EVOLUÇÃO RACIONAL AO LONGO DAS VÁRIAS FASES QUE TRANSITOU A CULTURA RACIONAL DESDE O SEU BERÇO.

 

O SR MANOEL SAPATEANDO!

 

        O Retiro Racional é um colírio pros olhos, de dia, e especial à noite, onde o silêncio e a silhueta da montanha dominam.

        Terça-feira era a noite de colaborar no plantão Racional, na verdade uma excelente oportunidade de desfrutar do silêncio no Retiro Racional, à noite!

        Os plantonistas ficavam, do lado de fora da varanda da residência do SR MJC, conversando, no início da noite.

        O SR MJC sempre tinha uma atividade concorrida, entre atendimentos aos estudantes da Cultura Racional  e aos freqüentes visitantes, motivados para resolver seus problemas pessoais e interessados no Conhecimento Racional.

        Tizo (nome fictício) era  leitor do LIVRO UNIVERSO EM DESENCANTO desde a época de Belford Roxo. Depois freqüentava regularmente o Retiro Racional, onde colaborava na obra Racional. Também conhecido por seu gosto musical.

 

        Em alguns momentos de excessivo entusiasmo chegou Tizo a tomar a frente e usar recursos Racionais onde achava melhor, em atividades, em construções, dentro do Retiro Racional. Elas não deram frutos......

        Em certo momento deu-se pela ausência de Tizo na colaboração Racional, aos domingos, no Retiro Racional.

 

 

 

        Aconteceu numa 3ª feira de plantão Racional: O SR MJC, que era de modos calmos e suaves, estava de pé na salinha, onde ditava os LIVROS UNIVERSO EM DESENCANTO,  surpreendeu e atraiu a atenção dos plantonistas, repentinamente, pois  agitava rapidamente os pés, SAPATEANDO, no chão de vitrô,  numa grande velocidade, para sair de onde estava, sem sair do lugar, e falando em alto tom:

           "Vejam, vejam (se dirigindo a quem estava em Sua companhia, na sua varanda), olha quem está aqui, quem veio me visitar; é o Tizo."

        Os plantonistas ficaram observando todo aquela atenção e entusiasmo do SR MJC que mandou o Tizo entrar na sua varanda, lhe atendendo.

        As janelas estavam abertas, era um dia de verão...

          O SR MJC, com muita atenção e envolvimento, perguntava para  Tizo o porquê ele não tinha vindo colaborar mais no Retiro Racional. O incentivava a reaparecer e retomar a colaboração  na obra.

            Tizo, com voz baixa e dando sinais de abatimento se queixava de que não passava por um momento favorável na sua vida, e viera para pedir ajuda ao RACIONAL SUPERIOR.

            O SR MJC, que não deixava que a esfera de abatimento domina-se Tizo, o animava a vir ao Retiro Racional, lhe dizendo que colaborando com a Fase Racional a ENERGIA RACIONAL, Dona do 1º MUNDO RACIONAL,  o ajudaria em tudo o que ele necessitasse. Depois dessa calorosa recepção Tizo se retirou da varanda, deixando o Retiro Racional.

   

            Depois o tempo passou, e, nunca mais vimos o Tizo....