MEMÓRIAS RACIONAIS

 

A CULTURA RACIONAL NASCEU EM 1903.

            TEM PORTANTO UMA LONGA HISTÓRIA DA QUAL MUITOS DÃO O SEU DEPOIMENTO COMO TESTEMUNHAS DA EVOLUÇÃO RACIONAL AO LONGO DAS VÁRIAS FASES QUE TRANSITOU A CULTURA RACIONAL DESDE O SEU BERÇO.

 

            O sr João Cruz foi um estudante de CULTURA RACIONAL desde a época de Belford Roxo na década de 1970. Visitava constantemente o Retiro Racional e foi um grande divulgador da CULTURA RACIONAL em conferências pelo Brasil e com  a divulgação no rádio no programa que mantinha na Rádio Difusora no Rio de Janeiro por anos, aproveitando a oportunidade que a Natureza lhe dera como empresário

            Num  domingo de convivência no Retiro Racional nos contou um fato ocorrido bem no  inicio  quando o SR MANOEL foi morar no Retiro Racional.

            Muita gente acha que o SR MANOEL levava uma vida fácil, por fazer um julgamento superficial e leviano. Além de atender ininterruptamente as solicitações de ordem pessoal, de ordenamento nos movimentos das caravanas ao longo do Brasil, das decisões operacionais que o Retiro Racional exigia, da divulgação aos órgãos de imprensa e tv, à visita de personalidades nacionais ao Retiro Racional, e de cumprir sua missão primordial de ditar a OBRA UNIVERSO EM DESENCANTO. Tudo isso era um esforço titânico que só um SER DE UMA ESFERA SUPERIOR RACIONAL, movido pela ENERGIA RACIONAL era capaz de realizar.

            E SENDO COMO ERA UM HABITANTE DO MUNDO RACIONAL NÃO DEFORMADO, NÃO TENDO PARTICIPAÇÃO E RESPONSABILIDADE  NA FORMAÇÃO E CONSTITUIÇÃO DESTE  MUNDO MATERIAL DEFORMADO, O SR MANOEL COLABOROU FISICAMENTE, JÁ EM IDADE AVANÇADA ( + DE 73 ANOS), NA EDIFICAÇÃO DO RETIRO RACIONAL COMO TESTEMUNHADO PELO SR JOÃO CRUZ.

 

            O sr João nos contou que em um domingo de colaboração Racional no Retiro Racional existia um morrinho próximo à piscina do Retiro Racional e LÁ ESTAVA O SR MANOEL e ELE AJUDOU os outros colaboradores como o sr João, pegando num enxadão e aplainando o terreno, desbastando o morrote, num daqueles dias de verão, com o sol à pleno vapor. Onde muitos dos animais Racionais se esquivavam na colaboração física da edificação do Retiro Racional não faltou a presença física do MESTRE MJC mostrando com o exemplo e sem fazer alarde disto, por o fato só vir ao conhecimento nosso pelo relato direto de quem ali testemunhou o fato como o sr João Cruz.

  João Cruz